domingo, 22 de setembro de 2013

TRANSMIDIA STORYTELLING E TURISMO 2.0.


Um dos grandes destaques na área do Marketing de Inovação é a ferramenta Transmídia Storytelling.  

Transmídia é o uso integrado das mídias, de forma que uma história ou mensagem ultrapasse os limites de um único meio. Utilizar diversos suportes para a contação de histórias é um aliado fundamental, uma vez que cada mídia conta com linguagens particulares: vídeo, texto, hiperlinks, QR CODE, livros, etc.

Storytelling é contar uma história (Story) por meio de diferentes mídias, tendo consciência de que cada uma exige uma narrativa específica e atinge públicos diferentes.

Para Descartes, “as histórias são poderosas, porque podem nos transportar mentalmente para o centro dos mundos imaginários, e uma vez lá, permanecemos engajados em muitos níveis, como emocional, intelectual, psicológico e moral”.

A questão é que as pessoas tendem mais a acreditar em histórias – reais ou não – do que em muitos fatos, assim como acontecem com os mitos da antiguidade.  Guardamos mais facilmente as informações quando ela está envelopada nesse tipo de estrutura.

Segundo Rodrigo Cajo, mestre em Storytelling pela USP, “o componente conversacional sempre foi muito forte e não é diferente agora, com as redes sociais digitais de compartilhamento de experiências”.

Outros autores acreditam que Storytelling é a técnica de marketing mais antiga e mais eficiente que existe.

Mas por que essa ferramenta é tão importante assim no mundo dos negócios? A resposta é simples: vence a empresa que melhor dominar a arte da narrativa. A questão é: COMO?




Campanha da Apple. Steve Jobs em ação. 


A Apple, por exemplo, conseguiu aproveitar o poder da imaginação em suas campanhas publicitárias e fez dos seus produtos uma cultura.

“A narrativa é uma ferramenta imprescindível na gestão do conhecimento, na construção da memória organizacional e na humanização do ambiente de trabalho” (Gislayne Avelar, autora do livro Storytelling: líderes e narradores de histórias).


Mas as boas histórias não devem apenas ser bem escritas e apresentáveis. Devem ser verdadeiras em relação às suas intenções, principalmente quando elas geram esse tipo de expectativa no seu público.

No âmbito da comunicação das marcas, as técnicas de Transmídia Storytelling podem ser utilizadas para fazer uma “amarração contextual mais elaborada e potencialmente mais engajadora entre as diferentes mídias de uma campanha” (Bruno Scarfazzoni).

No turismo, a instituição brasileira responsável pela promoção do Brasil no exterior é a EMBRATUR. Ela é responsável pelo marketing e apoio à comercialização dos produtos, serviços e destinos turísticos. 

Ano passado, a EMBRATUR lançou uma nova campanha publicitária internacional. O lançamento foi em Londres, quando o Comitê dos Jogos Olímpicos anunciou o Brasil como o próximo país a sediar as Olimpíadas de 2016. O título da campanha é:

           “O MUNDO SE ENCONTRA NO BRASIL. VENHA CELEBRAR A VIDA”.

Essa nova campanha foi lançada em canais de TV, revistas, redes sociais, sites, mobiliários urbanos, etc. Podemos afirmar que a EMBRATUR está utilizando a ferramenta Transmídia Storytelling? SIM OU NÃO? Comente. Dê sua opinião a respeito!







Depois, visite o site da Embratur no Facebook para conferir a forma como eles estão promovendo essa mesma campanha nas redes socias. 
Link: http://www.facebook.com/VisitBrasil

Você conhece outro exemplo de Transmídia Storytelling no turismo?



Vídeo de destaque:

Uma propaganda de muito sucesso que utiliza Transmídia Storytelling é a Coca-Cola. Ela criou a campanha Coca-Cola Happiness Factory. Trata-se de um mundo que se passa dentro da vending machine, com personagens inusitados e interessantes. 

Assista!! 




4 comentários:

JulianoHoesel disse...

Não me parece que o vídeo da Embratur seja storytelling. Nem tudo é story. Seria se tivesse uma trama/história/enredo, personagens, começo, fim, e outros elementos que formam o "contar a história". Ando pesquisando bastante sobre o tema, principalmente voltado a áudio guias para o turismo. Não encontrei até agora alguna aplicação em Turismo no Brasil.

Ana Carla Mazzeto disse...

Olá, Juliano. Eu ainda tenho minhas dúvidas se essa nova campanha é ou não storytelling, pois ela possui um forte teor emocional e usa como principal diferencial do Brasil a a 'experiência' de visitar um país tão diferente, com uma cultura diversificada, natureza exuberante, rica gastronomia, povo alegra e estilo de vida único. Isso tudo está integrado à marca 'BRASIL SENSACIONAL', divulgada também em outros meios digitais de informação da EMBRATUR. Essa campanha faz parte da convergência digital transmídia utilizada pela EMBRATUR. Se formos analisar sob esse ponto de vista, aí sim poderíamos afirmar que se trata de storytelling. Abraços.

Nayara Sereno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nayara Sereno disse...

Ótima reflexão! Para mim desde o momento que o vídeo transmite uma experiência, ele pode ser considerado story. E sem comentários ao transmídia da EMBRATUR né? Pelo menos o mkt digital deles é de qualidade. A nexteml tbm está nesse caminho, "essa é minha vida, esse é o meu clube" é exemplo claro de story como estratégia de mkt.